segunda-feira, 24 de agosto de 2009

memória de música

Esse final de semana estava pensando em música. Músicas e pessoas e momentos. E diferenças. E lembranças. Assim como já falei aqui da memória de cheiros, falo agora da memória de músicas. Agora, enquanto escrevo, me pergunto se já falei disso aqui. Enfim... as épocas da minha vida, os acontecimentos, as pessoas que conheci, as pessoas que já conhecia, as que eu achava que conhecia, as viagens, os amigos, os amores, as risadas, os choros, tudo!, tem uma música. Ou várias.

- Los hermanos é do início da faculdade.
- Brighter than Sunshine e a trilha de "A Lot like Love" me leva de Albany pra NYC, e chegando lá Lenine canta só, sozinho.
- Chora me liga, é tucha. e dores.
- Toca Revolution é borel.
- Fool on the hill é triste.
- I will é fofa.
- You really got a hold on me é marcão.
- Let it be é velha.
- Beatles são vários momentos, várias pessoas.
- Little Joy é janeiro.
- John Mayer e Dave Matthews é Equipe Amor.
- Led é a pantera loira. Melhor, o ogro loiro. Que também é She & Him, MGMT, Wolfmother e muitos outros.
- Blackbird é Tranquilize do The Killers, que é o gigante, ou pantera morena. E como esquecer de Bon Jovi!
- Red Hot é o bolha, da equipe amor.
- "A menina dança" em Cold Cable ao som de "urubu tá com raiva do boi".
- TFG é isso.
- TFG + deds + kelly + marcão + duboi = opera
- E opera + calor (muuuito calor) + vodka + energético = OBRA
E obra é obra!

E minha memória é ativada quando ouço a música. Por isso essa lista está muito incompleta.

sábado, 15 de agosto de 2009

google louco

Alguem achou meu blog googleando "loucas e lindas nuas".
Acho que a pessoa ficou um pouco decepcionada com a primeira opção de site que apareceu.

bola de cristal

Já falei aqui que sou ansiosa?
Pois é. Eu sou ansiosa.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

praia

as vezes é bom molhar os pés.
pra sentir a água.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

descobertas

A mãe da Mônica (aquela baixinha, gorducha e dentuça) chama-se Dona Luisa. Com "s".
.
Meu splash Victoria's Secret Love Spell é de flor de laranjeira. Assim como o sabonete líquido do escritório.

amigos, pra que?

Hoje numa conversa próxima com o amigo distante, ele me disse:
.
"porra lu vc nao precisa d amigos vc tirou uma conclusao perfeita"
.
Isso tudo porque eu falei com ele o que concluí dos meus sentimentos e pensamentos misturados.
E como já disse aqui, tem coisas que estão tão na cara e a gente nem vê. Ou então vemos e depois desvemos. E meus amigos, eu escolho bem, sempre me falam essas coisas que eu penso que vejo e depois vejo de novo diferente.
.
E por isso que eu digo e repito: eu preciso de amigos sim! Todos eles!
.
p.s - nunca consigo arrumar os parágrafos dos posts como quero!

compartilhando coisas divertidas

Fico perambulando entre sites e blogs e sempre acho umas coisas bacanas pra compartilhar. Aí fiz no meu favoritos uma pasta "Blog" pra eu ir postando aos poucos as coisas. Hoje resolvi postar uns vídeos.









segunda-feira, 10 de agosto de 2009

coisas que queria ouvir

Rápida e Rasteira:

- Escuta: a música do nosso primeiro beijo…

- É linda… Mas eu nem te conheço.

- Calma. A música não acabou.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

amor


Eu amo. E é engraçado relembrar que já odiei. Tá. Obviamente é mentira porque é impossível odiar. Mas já tive dificuldades imensas em conviver, pode-se dizer. O que é normal e compreensível entre irmãos. Já ouvi muito, falei pouco. Ouvi pouco, sabendo que era muito. E outro dia conversando sobre, vi que as fases da vida vão se cruzando e as distâncias diminuindo. E o amor, aumentando. Aí, com saudades, fui lembrando de coisas boas que ficam. Lembrei de quando era hora de deitar e começava uma brincadeira de jogar ursinhos de pelúcia pela janelinha entre as camas. Lembrei de quando eu queria brincar de barbie, mas era pequena. De quando queria dormir na mesma cama. E quando invetou a "nuvem" com todos os travesseiros, almofadas, colchões e edredons da casa. E numa aula onde era a professora me ensinou porque o céu é azul. E aprendi as primeiras palavras em inglês com uma musiquinha que até coreografia tinha. E quando eu fiquei com raiva (mais provavelmente ciúmes), rabisquei a foto da cabeceira.
Hoje, recorro sempre. E aprendi muito mais do que a cor do céu.
E lendo ela, senti um orgulho imenso e uma vontade de apertar! Amor demais!

segunda-feira, 3 de agosto de 2009